Categoria Releases

UTI ADULTO DA SANTA CASA DE ITAPEVA SUBSTITUI MONITORES MULTIPARAMÉTRICOS

Os novos equipamentos permitem uma ampla monitoração dos parâmetros do paciente, aperfeiçoando ainda mais as condutas médicas

A Santa Casa de Itapeva substituiu todos os monitores multiparamétricos utilizados em leitos da UTI Adulto do hospital. Os 10 leitos agora utilizam o equipamento Philips Efficia cm 120, que permitem configurações amplas dos parâmetros fisiológicos do paciente, como cálculos hemodinâmicos, respiratórios, entre outros.

Essa tecnologia de ponta, aliada à humanização, permite monitorar com eficiência os sinais vitais do paciente. De acordo com a médica coordenadora da UTI, Dra. Valéria Moreira, o novo equipamento torna as mensurações ainda mais eficientes. “Pressões arteriais, medição da saturação de oxigênio e outros parâmetros estão sendo monitorados com mais eficiência, pois além desse equipamento ser de fácil manuseio, com tela sensível ao toque, permite a programação de tons sonoros diferenciados para cada aspecto que está sendo monitorado. Agora, apenas pelo som já sabemos o parâmetro que requer atenção no momento do alarme”, explica Dra. Valéria.

A UTI Adulto recebeu ainda novos equipamentos de cardioversão, que possui a função de marcapasso externo. “Esse equipamento permite um alto grau de resolutividade dentro da UTI, pois vem com pás descartáveis, que são coladas no paciente e assim estimular a frequência cardíaca dos pacientes com bloqueio”, conta Dra. Valéria. A Central de Monitorização, por são verificados todos os parâmetros do paciente também foram substituídos. “Os monitores estão maiores e permitem a visualização completa de todos os leitos”, conlui.

A UTI Adulto da Santa Casa de Itapeva funciona desde 1998, uma grande conquista para o aperfeiçoamento do atendimento hospitalar que beneficia não somente a população itapevense, mas também toda população da região sudoeste do Estado de São Paulo.

SANTA CASA ADQUIRE NOVO EQUIPAMENTO DE TOMOGRAFIA

Agora são dois equipamentos de tomografia de última geração oferecendo ainda mais tecnologia e inovação aos nossos clientes

A nova aquisição da Santa Casa de Misericórdia de Itapeva é um aparelho Canon Alexion, que proporciona imagens extremamente nítidas, o que facilita o diagnóstico, pois oferece clareza, praticidade e precisão na visualização e uma dose de exposição menor. De acordo com o médico radiologista Dr. Hélio Tadashi o equipamento assegura um diagnóstico rápido e preciso em todas as partes do corpo. “Possui algoritmos sofisticados para operar tanto no domínio de dados de reconstrução tridimensional, como dados brutos. Esse tomógrafo é um grande ganho na qualidade da imagem e na agilidade do atendimento”, explica.

Vale destacar algumas características:

– Redução dos ruídos de imagem em até 50% e redução da dose de irradiação em até 75%, otimizando a tarefa clínica e personalizada para cada paciente;

– Melhorias no estudo vascular com a incorporação de tecnologia para remover ossos, cálcio e stents dos conjuntos de dados;

– Redução dos artefatos metálicos, melhorando a visualização dos implantes para um diagnóstico mais claro e confiável.

Para o médico Dr. Klaus Schumacher, que também integra a equipe de radiologistas da Santa Casa, “a nova tomografia computadorizada permite a realização de exames com maior resolução espacial e temporal, avaliações angiográficas (para diagnósticos vasculares) e o melhor estudo das alterações morfológicas que os processos patológicos causam. O resultado final é, em última análise, um conjunto de diagnósticos e estadiamentos mais acurados – resultado que ressoará com maior força e importância na vida de cada um dos pacientes”, conclui.

O novo equipamento de Tomografia Canon está instalado na Unidade de Imagem da Santa Casa de Itapeva, que também oferece mamografia, densitometria óssea, raio-x, ultrassonografia, e a mais avançada tecnologia em ressonância magnética. A unidade atende pacientes de convênios médicos, SUS, Iamspe e particulares. Informações: 15 3521-9500.

DIA MUNDIAL DA SEGURANÇA DO PACIENTE – 17 DE SETEMBRO

Hoje é o Dia Mundial da Segurança do Paciente. A data foi criada este ano pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alertar para a importância da assistência segura. A mensagem é uma convocação para todos, gestor, profissionais de saúde, pacientes, familiares, cuidadores: Vamos Lutar pela Segurança do Paciente. (blog da saúde – Ministério da Saúde)

Santa Casa de Itapeva dispõe de Núcleo de Segurança do Paciente. Nesse sentido, várias iniciativas e políticas de segurança são implantadas constantemente no Hospital, por meio de uma equipe multiprofissional formada por médicos, biomédico, enfermeiros, nutricionista, farmacêutica, governança de hotelaria, profissional de comunicação e zeladoria, que compõem o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP).

Santa Casa de Itapeva comemora 120 anos

Irmandade, Diretoria, Gerentes e colaboradores da Santa Casa

 Santa Casa de Itapeva comemora 120 anos com resgate de sua história

Instituição preparou exposição de fotos, resgantando sua história ao longo destes 120 anos. O projeto foi instalado nos corredores que interligam aos principais setores.

A inauguração aconteceu no dia 10 de junho, data de fundação da Santa Casa de Itapeva.

Quando nossos antepassados fundaram a Santa Casa de Misericórdia de Itapeva, com muito esforço e dedicação, talvez não tivessem a menos ideia do quão grande aquele sonho se tornaria, 120 anos depois. São muitas histórias para contar… das cirurgias à luz de lampião, ao portão que era fechado na madrugada. Do incêndio que destruiu quase tudo, à reconstrução do prédio. Da falta de equipamento e tecnologia até chegar aos equipamentos de última geração. De um hospital de pequeno porte até chegar à alta complexidade. Ao ver este hospital completar 120 anos, não nos orgulhamos apenas do seu crescimento físico ou tecnológico. Nos orgulhamos, principalmente, do capital HUMANO; um potencial admirável, que fez com que o nosso hospital ultrapasse barreiras e dificuldades. Somos – SIM – uma das melhores Santas Casas do Estado de São Paulo. Somos a SANTA CASA DE ITAPEVA! E, por isso, nunca podemos nos esquecer da nossa missão!

#somostodossantacasaitapeva #orgulhodasantacasadeitapeva

Inauguração da exposição fotográfica
Inauguração da exposição fotográfica
Vice-provedor Wilson Kasemodel e Provedor Augusto Rios Carneiro
Vice-provedor Wilson Kasemodel e Provedor Augusto Rios Carneiro

Santa Casa de Itapeva é representada em importante congresso da Fehosp

Mais De 900 pessoas participaram do 28º Congresso de Presidentes, Provedores, Diretores e Administradores Hospitalares de Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp)

Entre os dias 22 a 25 de abril, em Atibaia (SP), aconteceu a 28ª edição do Congresso Fehosp. O evento teve o tema central “Fazendo check-up na gestão: eficiência no diagnóstico, sucesso no tratamento”, assunto que foi abordado nas palestras, debates e casesapresentados. A Santa Casa de Itapeva foi representada por seu superintendente, Aristeu de Almeida Camargo Filho, o engenheiro Antonio Roodney de Jesus e o advogado Daniel Baraúna.

Para Aristeu participar do Congresso é grande oportunidade para atualização profissional. “Estar reunido com diversos outros gestores de hospitais filantrópicos, discutindo a gestão e os caminhos para a melhoria constante das Instituições é sempre uma experiência muito grandiosa. Volto com a certeza de que estamos administrando a nossa Santa Casa de Itapeva com eficiência, sempre em busca das melhores alternativas para a excelência na assistência”, comenta.

Santa Casa de Itapeva dispõe de Núcleo de Segurança do Paciente

Prestar assistência provendo um ambiente seguro para pacientes, familiares, colaboradores, profissionais e toda a comunidade faz parte da gestão estratégica da Santa Casa de Itapeva

Nesse sentido, várias iniciativas e políticas de segurança são implantadas constantemente no Hospital, por meio de uma equipe multiprofissional formada por médicos, biomédico, enfermeiros, nutricionista, farmacêutica, governança de hotelaria, profissional de comunicação e zeladoria, que compõem o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP). “O grupo é responsável pela implantação das políticas de segurança, prevenção, investigação e controle de qualquer risco que possa comprometer a segurança do paciente em ambiente hospitalar, assegurando, assim, a qualidade dos serviços prestados”, explica a enfermeira responsável pelo NSP, Fabiana Cruz.

A Comissão realiza reuniões mensais para analisar se todas as áreas físicas do hospital estão amparadas em requisitos legais de órgãos como a ANVISA, entre outros, além das exigências previstas pelo Ministério da Saúde. Também analisa criteriosamente todo e qualquer acidente ocorrido no Hospital, com o objetivo de reparar erros e preparar a equipe multiprofissional para evitar novas ocorrências. “Precisamos sempre promover ações que proporcionem melhoria contínua dos sistemas e processos de segurança do ambiente, na busca incansável por um trabalho livre de riscos e acidentes”, conta Fabiana.

Medidas adotadas através da ação no NSP

Uma das medidas adotadas para evitar erros de medicação foi o uso do Colete Vermelho, que deve ser utilizado pelo profissional de enfermagem ao preparar a medicação que será dada ao paciente. Segundo a gerente de enfermagem da Santa Casa, Lucila Murat, a medida visa reforçar a manipulação correta do medicamento. Além disso, os colegas de equipe saberão que a pessoa que está utilizando o colete vermelho não pode ser interrompida ou abordada com assuntos que possam desviar sua atenção, pois a função exige total concentração.

 “O colete vermelho permite ao profissional de enfermagem concentrar-se ainda mais na atividade que está realizando. Ele organiza o local e o preparo de medicamentos preferencialmente sem fontes de distração, pois todos saberão que ele está ocupado”, diz Lucila.

Outra medida de segurança adotada pela Santa Casa é o uso da pulseira de identificação por todos os pacientes internados. “Assim que o paciente dá entrada no Hospital já recebe uma pulseira que contém informações com seu nome, nome da mãe e o número de atendimento gerado no sistema. Essa pulseira é checada pela equipe de enfermagem antes da manipulação de cada medicamento ou procedimento”, conta a gerente de enfermagem.

Essa pulseira recebe ainda um adesivo com cor que identifica pacientes com maior risco de queda, de acordo com uma classificação previamente analisada pela equipe de enfermagem. “Pacientes que tem risco maior de queda, devido a idade ou outros fatores relacionados à dificuldade de se locomover, recebem uma identificação diferenciada, que mostra à equipe que aquele paciente requer cuidados diferenciados”, conclui.

Segurança do paciente submetido à cirurgia

Por meio da definição de um conjunto de ações que visam padrões de segurança a serem seguidos pela equipe cirúrgica, os riscos mais comuns envolvendo pacientes cirúrgicos são identificados e prevenidos. Antes de qualquer procedimento, é utilizada uma lista de verificação de segurança cirúrgica, baseado na interação verbal dos profissionais presentes. É feito uma confirmação oral de que foram efetuados passos básicos de segurança para administração de anestesia, profilaxia contra infecção, trabalho de equipe eficiente e outras práticas corretas em cirurgia. Entre as informações mais relevantes estão:

– Confirmação sobre o paciente (identificação do paciente, procedimento a ser realizado, local onde será feita a cirurgia e se há consentimento informado);

– A parte do corpo em que será realizada a cirurgia é previamente demarcada com uma caneta especial, antes mesmo de o paciente entrar na sala de cirurgia;

– Checagem do equipamento anestésico e equipamento cirúrgico;

– Checagem de possíveis alergias do paciente;

– Confirmação de nomes e funções de todos os membros da equipe;

– Contagem de instrumentos cirúrgicos;

– Cuidados específicos no pós-operatório: após o procedimento o paciente fica em uma sala identificada como Recuperação Anestésica e é acompanhado pelo anestesiologista. Somente é liberado para a Unidade de Internação após essa análise e a recuperação total da anestesia.

– Antes de qualquer procedimento cirúrgico o paciente recebe um folheto explicativo, contendo todas as orientações sobre a anestesia.

Reajuste para o Agrupamento dos Contratos Coletivos 2019-2020

Reajuste para o Agrupamento dos Contratos Coletivos com Menos de 30 Beneficiários – 2019-2020

Resolução Normativa 309/12/ANS

 

Divulgação do Reajuste Único Apurado para o Agrupamento dos Contratos Coletivos com Menos de 30 Beneficiários

 O SANTA SAÚDE ITAPEVA comunica que, de acordo com a Resolução Normativa nº 309, de 24 de outubro de 2014, as Operadoras de planos privados de assistência à saúde deverão aditar os Contratos Coletivos Empresariais e por Adesão que possuam menos de 30 (trinta) beneficiários na forma do art. 8º desta Resolução, para adequação da cláusula de reajuste ao método estabelecido na referida norma.

Diante do exposto, o Santa Saúde Itapeva divulga em seu portal corporativo as seguintes informações:

  1. a) o percentual calculado com base no agrupamento de contratos;
  2. b) o período de aplicação;
  3. c) lista dos contratos que receberão o reajuste.
Empresas que fazem parte do reajuste de 6,61% por agrupamento de contratos com até 29 vidas
Período de 05/2019 à 04/2020
CÓDIGO EMPRESA CÓDIGO DO PRODUTO TIPO DO CONTRATO MÊS DO REAJUSTE USUÁRIOS ATIVOS
155 464979116 COLETIVO POR ADESÃO 6 9
175 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 11 6
201 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 8 3
203 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 10 3
204 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 11 4
209 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 7 7
211 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 8 3
215 414855990 COLETIVO EMPRESARIAL 1 4
216 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 2 4
218 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 5 3
219 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 5 4
222 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 5 5
223 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 5 3
225 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 8 3
227 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 8 4
228 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 9 4
229 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 9 5
232 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 9 4
234 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 9 3
235 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 9 7
241 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 10 6
243 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 10 3
245 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 11 4
246 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 11 3
248 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 11 7
251 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 12 4
261 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 6 4
262 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 3 3
264 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 3 5
265 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 3 6
266 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 4 5
269 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 4 3
275 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 10 6
278 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 6 3
281 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 6 3
282 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 7 4
283 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 8 3
285 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 8 3
286 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 11 6
288 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 11 5
289 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 1 2
290 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 1 8
291 414855990 COLETIVO EMPRESARIAL 1 3
293 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 4 3
294 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 4 4
297 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 6 5
298 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 6 3
299 414855990 COLETIVO EMPRESARIAL 6 5
300 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 6 3
301 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 6 3
302 437130025 COLETIVO EMPRESARIAL 6 3
303 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 7 3
304 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 7 4
305 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 8 4
307 466259128 COLETIVO EMPRESARIAL 10 26
308 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 9 3
309 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 10 4
311 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 12 9
312 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 12 5
313 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 12 6
315 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 9 4
317 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 5 3
318 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 3 3
319 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 7 12
320 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 12 6
339 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 6 5
342 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 6 4
343 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 7 4
344 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 7 3
345 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 7 11
346 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 7 5
347 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 8 5
348 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 8 6
349 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 2 5
350 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 4 3
351 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 4 3
352 466260121 COLETIVO EMPRESARIAL 7 3

Santa Casa realiza a V Caminhada contra o Câncer

Santa Casa realiza a V Caminhada contra o Câncer

 A UCI – Unidade do Câncer da Santa Casa de Itapeva realizou no último domingo, 14 de abril, a V Caminhada contra Câncer, cuja concentração aconteceu na Praça de Eventos e percorreu todo o Parque Linear.

Além de incentivar a prática da atividade física, grande aliada na prevenção de doenças, a V Caminhada contra o Câncer teve o objetivo de arrecadar recursos, que serão revertidos em benefício da Unidade do Câncer de Itapeva – UCI.

Cerca de 200 pessoas participaram do evento. Para o superintendente da Santa Casa de Itapeva, Aristeu de Almeida Camargo Filho, a união e o apoio da sociedade itapevense são fundamentais para o crescimento da UCI. “Ficamos muito satisfeitos de ver a comunidade participando desta ação. Essa união é muito importante, pois fortalece o nosso elo como prestadores de um serviço tão importante para a manutenção da saúde”, disse.

COLABORE

Investindo apenas R$ 20,00 você ainda pode colaborar com a Unidade do Câncer da Santa Casa de Itapeva, e ganhar uma viseira. Interessados podem ir diretamente ao prédio da UCI: Rua Mario Prandini, 935.

Curso Gratuito Preparatório para Gestantes – Calendário 2019

O curso é totalmente gratuito e aberto a todas às gestantes ou mulheres que queiram se preparar para ter um bebê.
Cada participante tem direito a um acompanhante (que pode ser do sexo feminino ou masculino).
Não precisa fazer inscrição. Escolha a melhor data e programe-se:

Mês Início/Término Horário
Março de 6 a 27 17h30
Maio de 8 a 29 17h30
Agosto de 7 a 28 17h30
Outubro de 2 a 23 17h30

Encontros sempre às quartas-feiras, no Auditório da Santa Casa.

(acesso pelo Prédio da Administração)

Temas: Mudanças corporais; Aleitamento materno e cuidados com as mamas; Parto e pós-parto; Alimentação; Atividade física; Cuidados com o bebê, entre outros. Participe!

Inf: (15) 3521-9500

Ramal 9646

Santa Casa agora realiza CPRE

A colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE) é uma técnica que utiliza simultaneamente a endoscopia digestiva e a imagem fluoroscópica para diagnosticar e tratar doenças associadas ao sistema biliopancreático. O CPRE foi realizado com grande sucesso pela equipe de profissionais da Santa Casa de Itapeva

A colangiopancreatografia retrógrada endoscópica ou CPRE é um exame indicado para avaliação diagnóstica e tratamento das doenças que acometem as vias ou canais biliares intra e extra-hepáticos (colédoco) e o canal pancreático principal (duto de Wirsung). As principais manifestações das doenças, que causam lesão nos dutos pancreáticos e biliares, são icterícia (olhos e pele amarelada), dor abdominal, febre e alterações bioquímicas nas enzimas hepáticas e pancreáticas. Esses sinais e sintomas podem ser decorrentes de cálculos e tumores (colangiocarcinoma) biliares, tumores e cistos pancreáticos, pancreatite crônica, doença crônica parenquimatosa do fígado e estenoses (estreitamentos) inflamatórias ou pós-cirúrgicas das vias biliares.

A CPRE é realizada introduzindo-se, pela boca até a segunda porção duodenal, um aparelho flexível com iluminação lateral que permite a introdução de um cateter plástico pelo orifício de abertura desses canais (papila duodenal ou de Vater) a fim de avaliar radiologicamente a anatomia das vias biliares e do ducto de Wirsung, pela administração de contraste radiopaco pelo cateter injetor seguida de radiografias seriadas do abdômen.

Durante o exame, as imagens radiológicas são interpretadas pelo médico endoscopista, que, dependendo do diagnóstico, poderá realizar complementação terapêutica (tratamento), incluindo papilotomia (secção longitudinal da papila e de pequenos músculos (esfincteres)) com bisturi elétrico ou papilotomo; retirada de cálculos com balão extrator ou cesta tipo basket; drenagem de estenoses (estreitamentos) inflamatórias ou tumorais por dilatação com sonda ou por colocação de prótese endoscópica.

Esse procedimento já está disponível na Santa Casa de Itapeva, realizada pelo médico gastroenterologista Dr. Marcelo Cristalli Pacheco da Costa com o apoio de uma equipe de profissionais altamente qualificada e equipamento de tecnologia avançada.

Informações: Setor de Endoscopia da Santa Casa de Itapeva – Rua Santos Dumont, 433. Fone: 15 3521-9500

Fonte: Sociedade Brasileira de Endoscopia