Unidades

Banco de Leite Humano

Atenção mamãe: o banco de leite da Santa Casa de Itapeva precisa da sua ajuda.
Se você está amamentando, vá até a Santa Casa e doe seu leite materno.
Existem crianças precisando desse gesto de carinho. Contamos com sua colaboração em caráter de urgência. Doe leite.

O leite materno é vital para os bebês. Segundo o Ministério da Saúde, é o único alimento apropriado para os pequenos até os seis meses de idade. Após este período, as mamadas podem ser complementadas com papinhas ou frutas.

No entanto, algumas mães, principalmente as de bebês prematuros, enfrentam problemas com a produção de leite materno. Segundo a Dra. Elaine Moreira Lopes, médica neonatologista, alguns sintomas, como estresse e alimentação são responsáveis pela queda na produção do leite. “São muitas as causas relacionadas à falta de produção do leite, e isso varia de mulher para mulher. Mas sabemos que a fisiologia de lactação está muito ligada ao lado emocional. Uma alimentação saudável e manter a emoção equilibrada são fatores importantes para mulheres que desejam amamentar”, explica Elaine.

Os bebês têm mais chances de recuperação e também de viver com qualidade se a alimentação for exclusiva de leite humano. Por isso, aí entra o importante papel dos bancos de leite. A mãe doa somente o excedente da amamentação de seu filho. Qualquer problema de saúde deve ser avisado previamente e as mães portadoras de HIV, sífilis e hepatite não podem doar.

As mamães que desejam fazer a doação devem ir até o Banco de Leite da Santa Casa, onde uma equipe treinada fará a coleta de acordo com pré-requisitos necessários para manter a qualidade do alimento. “A coleta é feita com todo cuidado e muita higiene. A mãe não sente dor. E, além de ajudar a fortalecer os bebês que estão na UTI Neonatal, ainda sentirão certo alívio nas mamas ao esgotar o leite excedente”, explica a Dra. Elaine.

Neste período de frio e férias as doações costumam diminuir. “Por isso, fazemos um apelo às mamães que estejam amamentando, pois esse alimento é muito importante para nossas crianças”, conclui Dra. Elaine.

Assessoria de Comunicação da Santa Casa de Misericórdia de Itapeva
Jornalista Responsável: Claudia de La Rua - MTB 34.796