Categoria Na Mídia

Governador de SP corta verba de Santas Casas

O Diário Oficial publicou resolução que reduz em 12% os recursos dos Programas Pró-Santas Casas e Santas Casas SUStentáveis.

A redução representa cerca de R$ 80 milhões ao ano para as 180 entidades do estado. Tal medida afeta diretamente recursos essenciais para os hospitais, que são responsáveis por mais de 50% do atendimento do SUS, especialmente no interior do estado, onde os equipamentos de saúde são referência para a alta complexidade e tratamento da Covid-19.

As Santas Casas e hospitais filantrópicos precisam da nossa ajuda. Divulgue essa campanha! #doriacontraosus #fehosp #santascasasehospitaisfilantropicos

Novembro Roxo: celebrando a vida do prematuro!

Dia Mundial da Prematuridade
Hoje celebramos as vitórias de crianças prematuras! É uma data importante também para alertar as gestantes da necessidade de seguir toda a rotina do Pré-natal, tanto das consultas, como os exames.
Segundo a Dra. Elaine Moreira, médica neonatologista responsável pela UTI Neonatal da Santa Casa de Itapeva, o índice de prematuridade no Brasil ainda é alto, e uma das causas está relacionada a falta da realização do pré-natal.
“A melhor forma de reduzir a chance de um parto prematuro é realizar um pré-natal adequado para identificar precocemente problemas e tomar as devidas precauções. Para evitar a prematuridade a gestante deve ter uma boa alimentação, não faltar às consultas de pré-natal, evitar quedas, álcool e drogas, que são prejudiciais ao desenvolvimento do bebê.
Estão em maior risco as mulheres que já passaram por um parto prematuro grávidas de gêmeos ou múltiplos ou com histórico de problemas de colo do útero, explica Dra. Elaine.
Outros fatores que aumentam a possibilidade do bebê nascer com menos de 37 semanas de gestação são:
– Uso de drogas;
– Diabetes;
– Hipertensão arterial ou pré-eclâmpsia;
– Infecções do trato urinário;
– Sangramento vaginal;
– Obesidade;
– Distúrbios de coagulação;
– Gestações muito próximas (menos de 6 a 9 meses entre o nascimento de um bebê e nova gravidez).
A UTI Neonatal da Santa Casa de Itapeva conta com equipe multiprofissional altamente capacitada, além de tecnologia de ponta, capaz de evoluir o bebê em sua formação.
Comentários

Itapeva é a cidade do Estado de São Paulo, com população entre 50 e 100 habitantes, com MENOR índice de registro de mortes por Covid-19

Fruto de uma força tarefa entre os gestores municipais, gestores da Santa Casa, e os profissionais que estão na linha de frente, no combate ao vírus.

A Santa Casa de Itapeva rapidamente se organizou para montar uma estrutura completa para prestar assistência aos Itapevenses e, também aos moradores da região, preparando e capacitando sua equipe.

“Foram meses de trabalhos intensos, angústias, medos, inseguranças, mas também de resultado. Um resultado comprovado por esse índice, o menor óbito por Covid-19 do Estado de São Paulo. Essa é a força de um trabalho em equipe e da estrutura que o nosso hospital coloca a serviço da saúde da região”, diz Aristeu de Almeida Camargo Filho, superintendente da Santa Casa.

E completa: “aos nossos profissionais, que estão atuando diuturnamente no cuidado e assistência aos pacientes, nossa admiração e gratidão. Esse mérito é de vocês, sem exceção: porteiros, recepcionistas, equipe de enfermagem, equipe CCIRAS-NHE, equipe médica, equipe de zeladoria e hotelaria, equipe do serviço de nutrição e dietética, serviço socail, equipe de manutenção, enfim, todos da nossa equipe multiprofissional, que estão atuando na linha de frente, PARABÉNS”!

COVID-19 – Ajude a salvar vidas!

A Santa Casa de Itapeva precisa da sua ajuda para juntos enfrentarmos essa pandemia!
Qualquer colaboração é bem-vinda!

Através do nosso trabalho você pode mudar a vida de alguém!

Nossa gratidão a todos que têm se mobilizado nessa luta em prol da saúde da nossa comunidade.

Faça sua doação

Banco do Brasil:

Agência 2414-7

conta corrente 7057-2

cNPJ: 49.797.293/0001-79

Santa casa de Misericórdia de Itapeva